Número total de visualizações de página

Follow by Email

quinta-feira, 19 de março de 2009

Feliz Dia do Pai

A todos os Paizinhos, que:
têm paciência para os filhos,
que ajudam a fazer os trabalhos de casa,
que brincam com eles em casa,
que fazem buracos na areia,
que cumprem as promessas,
que não compram chupas e chocolates para calar a birra,
que só dão presentes em datas festivas,
que não os tentam comprar,
que não vão com eles para o parque apenas para engatar miudas,
que têm sempre orgulho, mesmo que tenham perdido o jogo
que têm sempre uma resposta mesmo para as perguntas mais disparatadas,
que de noite lêm sempre a mesma histórinha,
que dão beijos, abraços, mimos e a mão
que respeitam, ensinam valores, educam, explicam a diferença entre o bem e o mal, e até podem ir,
...etc.
Um Fantástico Dia do Pai, e se o tiverem é porque merecem

As outros Pais que tiveram filhos:
porque os amigos todos têm,
porque o preservativo tira o prazer,
porque os avós adoram estar com os netos,
porque não sabem dizer que não à mulher,
porque acreditaram que ela tomou a pilula
porque achavam que iam ter um rapaz, ou um mini escravo
porque nem sabe porque, mas calhou
...etc.
Espero que este dia vos ajude a reflectir e a mudar o vosso comportamento

Ainda falta os Pai que:
batem nos filhos violentamente,
violam,
raptam,
maltratam fisica e psicológicamente,
agridem verbalmente
não lhes dão de comer,
obrigam a roubar porque são menores e não vão presos
a pedir esmola e fingierem que são deficientes
que nunca deram um carinho, um abraço um beijo, uma ajuda, respeito, coragem, um brinquedo, a mão,

Desejo o pior de tudo, a prisão, humilhação, etc e principalmente que os filhos nunca os perdoem.

Sofia

PS. Este Post vem a partir da notícia do julgamento do Austriaco que violou a filha mais de 3000 vezes, que lhe roubou a juventude, o amor, a educação, a vida porque a manteve em cativeiro desde os 18 anos e ela agora tem 42. Que teve 7 filhos com a própria filha e um deles morreu às nascença devido a complicações. isto não é uma pessoa, um ser humano e nem sequer um animal, é sim um selvagem, um mutante.




2 comentários:

Anónimo disse...

Sendo um dos pais identificados no 2º caso (aqueles que, por distração, lhes saiu um filhote na rifa), a verdade é que não adianta mto olhar para o tema à laia de "aprendizagem". Ok, pode-se evitar aumentar a prole ainda mais. Mas o verdadeiramente importante é a forma com que depois se lida com o assunto. E a verdade é que, muitas vezes, estas "distrações" resultam em grandes casos de amor (paternal). E isso é que é bonito. Qualquer um pode amar um filho planeado e desejado... mais ainda é mais bonito quando se ama um filho "surpresa" !

Energia disse...

lindo, e a Mariana é linda!
Foi uma bela distracção :)