Número total de visualizações de página

Follow by Email

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Dress Code em geral

O mais dificil em aceitar um convite é saber o que vestir.

1º de tudo é ver se no convite impresso, vai alguma dica do Dress Code. Hoje em dia é moda os Dress Code orginais: Fashion chic, Casual chic, Black & White, all white... Na realidade eles não são muitas pistas do que devemos vestir. temos que conjugar entre o look pessoal, o tipo de evento, o local do evento e o tema do evento.
2º se o convite for oral ou não tiver escrito nada escrito, telefonem e perguntem como é para ir vestido. Se a amiga disser para ir simples, o mais normal possivel, vão giras e poderosas, normalmente dizem isso para elas sobressairem.
3º Se o namorado resolve ter uma noite surpresa, perguntem-lhe sem estragar a surpresa como se devem vestir, se o local que irão frequentar é casual, formal, se podem ir de saltos e se precisam ir agasalhadas.

O resto é como sempre bom senso (a não ser que o evento seja diplomático, governamental, etc). Pensem no local onde se irá realizar o evento, as pessoas que estarão presentes no evento, e as horas que se realizará o evento como por exemplo:
Se for na praia evitem os saltos e levem um casaco mesmo que seja verão.
Se for profissional ou logo a seguir ao trabalho, tentem levar um conjunto mais sofisticado, mas que seja algo que levem para o escritório, ou então apenas mudem os acessórios para algo mais "brilhante". Se têm medo de usar cores o preto é sempre uma tábua de salvação, disfarça muito os cortes originais. Levem também um casaquito, o ar condicionados pode estragar uma noite.
Se o evento for durante o dia, evitem o preto e tentem usar cores mais neutras como os castanhos ou os beijes.
Se o evento for alternativo, género Moda, festas em discotecas, tentem levar algo mais audacioso e original, mas não abusem pois podem sentir-se desconfortáveis sob os olhares criticos dos entendidos de moda.
No final de tudo o que conta é como nos sentimos. Podemos estar perfeitos para a ocasião, mas se não nos sentirmos bem será uma desgraça! Vamos sentir-nos o patinho feio da festa.

2 comentários:

Anónimo disse...

É engraçado pois, por mais que os convites refiram o dress code (ex: fato escuro), quando os convidados são do ramo "artístico" (algo que cobre desde o músico, passando pelo fotógrafo ou mesmo os accounts das agências de publicidade) assiste-se sempre a uma mistura de fatos escuros, com jeans e t-shirts "agastadas", com um colorido mto próprio. Definitivamente hoje em dia o dress code é cada vez mais uma questão de afirmação pessoal.

Energia disse...

Tem toda a razão, os artistas têm tendência a entender o dress code à sua maneira. Uns até entendo porque têm que manter o seu estilo, outros eu acho que são do contra. :)
No final o importante é sentirmos-nos bem mesmo que estejamos diferentes de todos os outros.
Obrigada mais uma vez pela seu comentário.